Logo XUXA.com

Notícias

22/01/2018 

Dancing Brasil 3


Dancing Brasil
Blad Meneghel

Xuxa estreou a terceira temporada do Dancing Brasil na última quarta-feira, 17 de Janeiro.

No primeiro episódio, nenhuma dupla foi eliminada. O prêmio para o vencedor da grande final da temporada é de R$ 500 mil – o dançarino da estrela vencedora levará para casa um carro 0 km. 

Para isso será preciso obter boas notas dos jurados, Jaime Arôxa, Fernanda Chamma e Paulo Goulart Filho, e, claro, ser o preferido do público de casa, que definirá o vencedor da temporada. As modelos Raissa Santana e Bárbara Evans; o empresário Bruno Chateaubriand; a apresentadora Geovanna Tominaga; a nadadora Joanna Maranhão; as atrizes Hylka Maria, Isabel Fillardis e Bárbara Borges; os atores Diogo Sales, Eduardo Pelizzari e Douglas Sampaio; o ex-boxeador Popó; o músico Sebá; a cantora Marina Elali; e o humorista Rodrigo Capella terão de mostrar muita desenvoltura em ritmos como samba, tango, valsa, foxtrote, quickstep, rumba, chá-chá-chá, jive, salsa, zouk, pasodoble e agora forró.

O Dancing Brasil vai ao ar às quartas-feiras, ao vivo, logo após o Jornal da Record.

 

Leia os perfis dos 15 participantes e a expectativa de cada um deles em relação ao Dancing Brasil:

 

ACELINO POPÓ FREITAS

Ex-boxeador e empresário, 42 anos, nasceu em Salvador e mora em Lauro de Freitas – BA.

Iniciou a carreira no boxe aos 14 anos de maneira amadora e, em 1995, aos 20 anos de idade, já integrou a seleção brasileira que disputaria os Jogos Pan-Americanos em Mar Del Plata, na Argentina, onde conquistou o vice-campeonato do torneio. Após a conquista da medalha de prata no Pan, passou a lutar boxe profissionalmente, tornando-se tetracampeão mundial e supercampeão do mundo por ter defendido o cinturão mais de dez vezes. Encerrou a carreira no esporte com um cartel de 43 lutas e 41 vitórias.

 

“O ‘Dancing’ será uma experiência totalmente diferente da que eu vivi por 27 anos nos ringues, por exemplo. A dança vai exigir uma coordenação no meu corpo totalmente nova. Acho que terei mais dificuldade nas danças mais lentas, pois sou bastante agitado.”

 

 

BÁRBARA BORGES

Atriz, 38 anos, nasceu e mora no Rio de Janeiro - RJ

Em 1995, com apenas 16 anos, fez sua estreia na televisão como paquita. Em 1999, deixou o grupo para se dedicar à carreira de atriz e fez sua primeira peça de teatro. Ingressou na faculdade de artes cênicas e, no mesmo ano, participou de sua primeira novela, “Porto dos Milagres”, na TV Globo. Depois, fez parte do elenco de “Malhação”. Em 2004, interpretou um papel de destaque na trama de ‘Senhora do Destino”. Em 2009, a atriz assinou contrato com a Record TV e fez sua estreia na emissora na novela “Bela, a Feia”. 

 

“Minha expectativa é a de me entregar, aprender e evoluir ao máximo com essa oportunidade. Minha maior dificuldade vai ser enfrentar os meus medos... de cair, dar branco, de errar. Sobre os ritmos, de verdade, não consigo citar qual o mais complicado... todos eles são difíceis.” 

 

 

BÁRBARA EVANS

Modelo e atriz, 26 anos, nasceu no Rio de Janeiro e mora em São Paulo

Ingressou em três faculdades (administração, nutrição e odontologia), mas não completou os cursos porque decidiu seguir a carreira de modelo. Vencedora da sexta temporada do reality show “A Fazenda”, em 2013, participou da minissérie “Dois Irmãos”, na TV Globo, no início de 2017.

 

“Não sei dançar nada, mas decidi participar do ‘Dancing’ pelo desafio e também para me divertir. Sei que vai ser bom para mim. Acredito que a minha maior dificuldade vai ser no samba, pois, embora já tenha desfilado em escola de samba, dançar este estilo em dupla e no ‘Dancing’ deve ser bastante diferente.”

 

 

BRUNO CHATEAUBRIAND

Empresário e jornalista, 41 anos, nasceu e mora no Rio de Janeiro.

Atleta da seleção brasileira de ginástica trampolim entre os anos de 1992 e 1998, quando se tornou seis vezes campeão brasileiro, atualmente é presidente da Federação de Ginástica do Rio de Janeiro. Já atuou como ator em algumas séries e novelas e colunista em várias revistas. Possui um escritório que cuida da carreira de 22 atletas olímpicos, tem um programa de rádio na MIX FM e lançou recentemente seu segundo livro. 

 

“Considero o ‘Dancing’ um desafio pessoal. A maior dificuldade é lidar com as seguintes questões: dançar para agradar aos jurados, ao público de casa e à plateia. Por outro lado, acredito que o mais importante seja me divertir, acima de tudo.”

 

 

DIOGO SALES

Ator, 32 anos, nasceu e mora no Rio de Janeiro 

Diogo, que mora em Londres há cinco anos, fez parte do elenco da sexta temporada da série “Game of Thrones”. No início de sua carreira, fez parte do grupo Nós do Morro, do Vidigal, no Rio de Janeiro, com o qual apresentou o espetáculo “Os Dois Cavalheiros de Verona” na Inglaterra, em 2006. Desde então, já encenou seis montagens na Grã-Bretanha. 

 

“Acredito que a dança dá mais confiança e ajuda a destravar. Por conta disso, eu adoro e sou extremamente ligado a qualquer atividade que exija a movimentação do corpo. Para mim, um dos estilos mais complicados para aprender será a rumba.”

 

 

DOUGLAS SAMPAIO

Ator e cantor, 24 anos, nasceu no Rio de Janeiro e mora em Seropédica - RJ

Douglas Sampaio estreou na TV na temporada de 2011 de “Malhação”. Além de trabalhar como ator, também é músico. Foi o grande vencedor da oitava temporada reality show “A Fazenda”, em 2015. Na Record TV, participou do elenco da novela “A Terra Prometida”, sucesso bíblico da emissora. Já no teatro, atuou nos musicais “Enlace” e “Meninos e Meninas” e também na peça “Em Ato - Sua série no Teatro”. Fora isso, é sócio de uma produtora de filmes e conteúdo. 

 

“Gosto muito de me desafiar, sair da minha zona de conforto. Minha maior dificuldade vai ser me conter em estilos mais calmos por eu ser muito agitado. Fora isso, é um desafio e tanto aprender tudo em uma semana e apresentar este resultado e, na semana seguinte, já ter de pensar em outra coreografia.”

 

 

EDUARDO PELIZZARI
Ator, 32 anos, nasceu e mora em São Paulo

O primeiro trabalho de Eduardo Pelizzari na televisão foi em 2008, quando atuou na novela “Malhação”. Depois, ainda faria o folhetim “Dance, Dance, Dance”, na Band. Em 2010, integrou o elenco da terceira temporada do reality show “A Fazenda”, da Record TV. Também atuou em vários espetáculos teatrais, como “O Banquete”, do Teatro Oficina. 

 

“Dançar é um exercício que eu, como artista, nunca pratiquei. E confesso que, na hora de dançar, eu tenho a impressão de que tenho duas pernas esquerdas. Acho que terei mais dificuldade em danças mais clássicas como a valsa, ao som de ritmos que não estou acostumado a ouvir”.

 

 

GEOVANNA TOMINAGA
Apresentadora e atriz, 37 anos, nasceu em São José dos Campos (SP) e mora no Rio de Janeiro
Jornalista, Geovanna apresentou na TV Globo os programas “Video Show”, “Hipertensão” e “TV Globinho”, além de ter integrado a equipe de jornalismo do “Mais Você”. Começou sua carreira aos 12 anos ao lado da Angélica no "Clube da Criança", na extinta TV Manchete. Como atriz, atuou em diversas peças de teatro e novelas como “Malhação”, “Sabor da Paixão” e “Sol Nascente”. É também roteirista e publisher. 

 

“A dança sempre me emocionou muito, e estar naquele palco será a realização de um sonho. Acho que a maior dificuldade será aprender tantos ritmos diferentes em tão pouco tempo. Os ritmos latinos podem ser um grande desafio para mim. Por ser oriental, sou mais contida.”

 

 

HYLKA MARIA

Atriz e apresentadora, 32 anos, nasceu em Niterói e mora no Rio de Janeiro-RJ

Estreou na televisão em 1996, quando atuou na novela “O Campeão”. Em 2017, fez parte do elenco de “A Força do Querer”. Como apresentadora, esteve à frente de projetos exibidos nos canais Discovery Kids e Sony.

 

“Com o ‘Dancing’, vou me lapidar como artista. A maior dificuldade será saber lidar com a crítica dos jurados, que pode ser rígida em uma área em que não me sinto segura, uma vez que a minha relação com a dança não é profissional. Vou trabalhar meu emocional.”

 

 

ISABEL FILLARDIS

Atriz, 44 anos, nasceu e mora no Rio de Janeiro.

Aos 11 anos, começou a carreira como modelo e, em 1992, aos 18 anos, fez sua primeira novela, “Renascer”, na TV Globo. No mesmo ano, estreou como cantora, fazendo parte do grupo As Sublimes. No cinema, participou de três filmes, entre eles “Orfeu”, de Cacá Diegues. É presidente da ONG Força do Bem, dedicada ao auxílio e cadastro de pessoas com deficiência. Mãe de três filhos, Isabel dedica seu tempo às gravações de um programa sobre meio ambiente na JB FM e à carreira teatral e musical.

 

“Cheguei a fazer balé quando pequena e mergulhei neste universo quando montei o grupo As Sublimes. Mas tenho consciência que, no ‘Dancing’, a técnica é algo que os jurados observam bastante. Por isso, creio que, nas danças mais clássicas, vai ser mais complicado para mim.”

 

 

JOANNA MARANHÃO

Nadadora, 30 anos, nasceu em Recife e mora em Belo Horizonte

Participou de quatro Jogos Olímpicos e tem oito medalhas em Jogos Pan-Americanos. É a recordista brasileira e sul-americana nas provas de medley, nas quais os atletas precisam nadar os quatro estilos da natação.

 

“Encaro o ‘Dancing’ como uma competição contra mim mesma, assim como é na natação. Considero que o programa vai me ajudar a me mostrar como usar o corpo de uma maneira diferente. Eu adoro dançar e acho que, na busca pelo prêmio, o fato de eu ser muito disciplinada pode me ajudar.”

 

 

MARINA ELALI 

Cantora e compositora, 35 anos, nasceu em Natal e mora no Rio de Janeiro.

Formada em música e canto pela Berklee College of Music, de Boston, nos Estados Unidos, Marina Elali já ganhou dois discos de ouro. Quando lançou seu primeiro álbum, fez enorme sucesso com a música “One Last Cry”, que ficou em primeiro lugar nas rádios de todo o Brasil. Em 2017, emplacou a música "Juntos Somos Mais" na novela "O Rico e Lázaro”, da Record TV, e a canção "O Que a Gente Faz Agora" na trama "Tempo de Amar", da TV Globo.

 

“Vejo o ‘Dancing” como uma oportunidade de crescimento como artista. Sou descendente de árabes e tenho intimidade com a dança do ventre, realizo algumas coreografias nos meus shows, tenho noção de jazz e do stiletto, mas a dança em si, a técnica, vai ser uma novidade.”

 

 

RAISSA SANTANA

Modelo e digital influencer, 22 anos, nasceu em Itaberaba (BA) e mora em São Paulo

Modelo desde os 15 anos, foi eleita Miss Brasil em 2016, tornando-se a segunda negra da história do Brasil a ganhar a mais importante competição de beleza do país. Atualmente, trabalha como modelo e faz parte da Fhits, agência de digital influencer. 

 

“Quero me superar a cada ritmo, mesmo diante de um estilo que considero bastante complicado, como é o caso da rumba. Eu adoro sair para dançar com os meus amigos, mas sei que dançar no ‘Dancing’ é totalmente diferente uma vez que exige bastante técnica.”

 

 

RODRIGO CAPELLA

Humorista e apresentador, 36 anos, nasceu no Rio de Janeiro e mora em São Paulo

Rodrigo Capella ficou conhecido nacionalmente após sua passagem pela MTV, onde esteve à frente dos humorísticos de sucesso “Quinta Categoria” e “Comédia MTV”. Além disso, apresentou o espetáculo de humor “Comédia em Preto e Branco”. É integrante do elenco da Record TV, onde trabalha no Programa da Sabrina, produzindo reportagens ao lado de Sabrina Sato. O comediante também é dublê, paraquedista e praticante do Base Jump. 

 

“O ‘Dancing’ é uma experiência inédita em minha carreira e bem complicada. Minha companheira de dança vai ter que ter paciência, sobretudo no início, quando estaremos nos conhecendo, dando os primeiros passos, adaptando movimentos para mim”.

 

 

SEBÁ

Músico, 46 anos, nasceu na Cidade de Paraná, província de Entre Rios-Argentina, e mora em São Paulo 

Há 18 anos, é vocalista da banda Inimigos da HP, que já lançou nove CDs e cinco DVDs e que já foi indicado ao Grammy Latino. Em 2018, durante o pré-Carnaval de São Paulo, a banda desfilará pelas ruas da capital paulista com o bloco “Toca Um Samba Aí”. 

 

“Gosto de dançar, mas tenho a consciência de que o ‘Dancing’ exige uma técnica muito específica em cada um dos estilos. Estou muito feliz com esta oportunidade e quero aprender bastante. Para mim, os estilos mais complicados serão o Cha-cha-cha e o tango.”

 

 

PERFIS JURADOS

 

FERNANDA CHAMMA

Coreógrafa e diretora artística

52 anos

São Paulo – SP

Formada em balé clássico com especialização nas áreas de Jazz Dance e Musical Theatre. Diretora artística da Only Broadway e dos Estúdios Broadway, coreografa shows, espetáculos, eventos e comerciais de televisão e ministra workshops por todo o país. Foi jurada da Dança dos Famosos do “Domingão do Faustão” e coreógrafa de novelas, minisséries e espetáculos da emissora. Dirigiu e coreografou diversos musicais no eixo Rio/SP, como “Hairspray”, “A Gaiola das Loucas”, “Aladdin”, “Alô Dolly”, “Looney Tunes”, “Memórias de um Gigolô”, “Antes Tarde do que Nunca” e “Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos”. Em parceria com Jarry Zacks (USA), foi diretora e coreógrafa residente do musical “A Família Addams” no Brasil e na Argentina e diretora e coreógrafa residente do musical “Mudança de Hábito” no Brasil. Conquistou o Prêmio Bibi Ferreira de Melhor Coreógrafa de Teatro Musical de 2016.

 

PAULO GOULART FILHO

Ator, diretor, coreógrafo e ex-bailarino

52 anos

Curitiba – PR

Mora no Rio de Janeiro e em São Paulo

Iniciou seus estudos de Dança Clássica, Moderna, Jazz e Contemporânea nos anos 1980 no Curso de Educação Física da Faculdade de Educação e Cultura de São Caetano do Sul com o professor Edson Claro e ingressou como bailarino em sua primeira companhia de dança na faculdade. Seguiu seus estudos nos diversos estilos de dança, fazendo aulas com professores renomados na área. Estreou profissionalmente em 1985 na casa de Espetáculos Palladium. Integrou as Cias. de Dança Jazz Company, Lumiar, Cia. Ismale Guiser, F.A.R. 15, OMSTRAB e Balé da Cidade de São Paulo, onde trabalhou com diversos coreógrafos. Também atuou em muitos espetáculos musicais como "Cabaret", "Não Fuja da Raia", "Bixiga, o Musical na Contra Mão" e "Chaplin, o Musical". A partir dos anos 2000 iniciou seu trabalho independente de teatro e dança com os espetáculos, "XY, a Verdadeira Diferença entre os Sexos", "Amor por Nelson" e "O Cavalo na Montanha". Atualmente se dedica à carreira de ator, na qual utiliza todo seu repertório de bailarino para compor seus personagens por meio da fisicalidade e consciência corporal, ferramentas fundamentais para exercer seu trabalho.

 

JAIME ARÔXA

Bailarino, dançarino, coreógrafo, professor e empresário

55 anos

Recife – PE

Mora no Rio de Janeiro

É o criador de uma metodologia própria de ensino da dança de salão onde a mesma é tratada como expressão dos sentimentos do dançarino pelo movimento, a respeito de si próprio e da busca de um conhecimento maior sobre o outro. Em 1986, montou sua própria escola, o Centro de Dança Jaime Arôxa, pela qual já passaram mais de 30 mil alunos. Até hoje, já formou mais de 100 professores de dança de salão e continua gerando novos profissionais em todo o Brasil. Além de professor, trabalha como coreógrafo, atuando em peças, filmes, novelas e shows.  Realizou mais de 50 trabalhos coreográficos nas mais diversas mídias das artes cênicas, incluindo comissões de frente em diversas escolas de samba. Estudou salsa em Cuba e na Costa Rica e fez intercâmbio na Escola Nacional de Cuba. Introduziu a lambada no Rio de Janeiro em 1989. Estudou Jazz com Enid Sauer e balé clássico com Jean Marie. Desenvolveu amplo conhecimento teatral com trabalhos feitos para diretores importantes como Mauro Rasi, Domingos Oliveira, Amir Haddad, Moacyr Góes, Paulo Betti, Henrique Dias, entre outros. 



© Xuxa Produções / Personagens Xuxinha e Guto: © José Isaac Huña e Ana Paula M. Desmet
Desenvolvido por Arte Digital Internet